O Big Chop Sob o Meu Ponto de Vista

10:09


Como eu havia pedido, vocês disseram que seria legal eu fazer o post e eu resolvi que será o mais perto de um post de beleza de qualidade que posso oferecer já que nem passar delineador eu consigo direito e eu sempre acabo toda borrada de batom. Sentem, fiquem a vontade e tirem o sapato que eu contarei algumas histórias e direi como foi aceitas meu cachos.
Antes disso, eu gostaria de dizer que estou postando muito cedo essa semana porque meu irmão fará aniversário dia 16 e tem a festa dia 17 e eu não poderei postar como sempre posto (de sexta ou sábado) e não gosto de programar postagens, pois sinto que estou mentindo, como se tivesse escrito isso enquanto tomo sorvete no shopping ou algo do tipo.
Enfim, de volta ao meu BC... Era uma vez uma garotinha de cabelos muito cacheados, mas que não cuidava muito bem deles e acabava sofrendo muito a escola, por não fazer parte do padrão e não ser bonita como as outras.Isso fez com que ela amolasse a mãe dela a ponto de fazer chapinha todo mês (aos 9 anos!) para se sentir bonita. Essa era eu. Um belo dia, em seu aniversário de 1 anos e prestes a mudar de escola, ela (ou eu) fez progressiva pela primeira vez e iniciou um cilo de degradação capilar, mas quem liga? Ela finalmente era aceita.
Depois de 5 anos de progressiva finalmente percebo que errei e muito. Mas não só eu, meus pais erraram, meus avós, meus "amigos", todos que influenciaram isso estavam muito errados, pois eu sempre fui linda e deveria aceitar isso, amar o meu cabelo incontrolável e diferente (igual a mim) em vez de tentar controlá-lo (igual faziam comigo). Eu não me arrependo de alguns momentos da progressiva, quando eu acordava de manhã e meu cabelo já estava perfeito ou quando alguém dizia que eu estava linda. Mas arrependo de todo sacrifício de fazer a progressiva, dos momentos em que a raiz crescia e eu me sentia horrível e, me arrependo muito, de acreditar que eu estava bem melhor daquele jeito. Mas aquela não era eu e depois de começar a me descobrir eu percebi que passava a imagem errada, eu nunca fui daquele jeito e não me sentia feliz de verdade ao me olhar no espelho. Por isso, contra tudo e todos eu decidi (há um ano atrás) voltar aos cachos.
O mais irônico é que eu senti essa necessidade de voltar a ter cachos logo depois da minha ultima progressiva. Meu cabelo estava curto (no mesmo comprimento que está agora) e quando me olhei no espelho e vi aquele liso escorrido eu simplesmente ODIEI. Odiei tão profundamente que mal consegui sorrir pra cabeleireira, eu agradeci e fui embora. Eu queria movimento, queria volume, queria que ele ficasse engraçado e bonito quando eu mexesse e ele apenas voltava par o lugar e me deixava séria e completamente sem sal. Nunca tinha me visto daquele jeito, mas depois não consegui não me ver assim. Aprendi a fazer cachos com a chapinha e deixava meu cabelo sempre, no mínimo, ondulado (o que estragou muito ele, não recomendo nada do que fiz até agora com meu cabelo). Então me olhei por muito tempo no espelho e disse em voz alta pela primeira vez: quero meus cachos de volta.


Estranho pensar que consegui ficar um ano inteiro com uma ideia dessas na cabeça enquanto todos olhavam pra mim e falavam "tá na hora de retocar essa raiz, né?". Mas essa foi a melhor decisão da minha vida, a de me libertar de tudo que haviam imposto pra mim, de todas as regras de beleza e de todo meu cabelo quebrando e estragando pelo excesso de química.
Passei 8 ou 9 meses deixando meu cabelo crescer e passando shampoo antí-resíduo para ir me acostumando com os cachos até que cortei. Não achava que era a hora e não estava pronta, pois eu nunca fui fã de cabelo tão curto (ele só não fica muito bem em mim, mas adoro a praticidade pra lavar e o fato de gastar pouco creme e shampoo). Sinceramente, aconselho vocês a cortar apenas quando se sentirem seguros com isso, pois eu cortei por pura pressão familiar (de novo, mas dessa vez pela minha madrasta, que odiava achar cabelo meu pelo chão).
Agora que ele está ficando mais domável e menos ressecado tem sido mais fácil. Cabelo enrolado é muito seco (o meu, sempre foi) e estava muito mal cuidado, então precisa de hidratação toda semana (tenho feito duas vezes por semana, pelo menos), no começo pode até parecer "meu deus, o que fiz comigo mesma", mas depois percebi que essa finalmente sou eu, cada cachinho me define e poder jogar ele pra todo lado e soltar sem me preocupar com volume, faz eu me sentir livre e muito mas feliz. Nem eu tenho ideia do quanto o corte me fez bem, pois a cada dia me pego sorrindo de frente pro espelho, amassando e jogando ele pra todo lado  e sinto que será ainda melhor quando ele chegar ao comprimento que eu quero.
Outro conselho que dou a vocês é ver muitos tutoriais do YouTube, pois cortei numa sexta-feira e passei o fim de semana inteiro aprendendo a cuidar de cabelo cacheado (já que nunca cuidei). É uma mudança imensa: aprender a fazer fitagem, penteados novos, modos de prender pra dormir, outro jeito de lavar, tive que mudar todos os meus cremes e pentes de cabelo... Prefiro não explicar como se faz tudo isso e deixar para as profissionais em blogs e vlogs de moda, já que sou uma mera iniciante nisso, mas deixarei alguns links de vlogueiras que me ajudaram.
E, minha última mensagem, vale a pena. Vale muito a pena. Não acreditem no que pessoas de cabelo liso dizem, do tipo: não pode ter volume, você quer parecer um leãozinho? (é maravilhoso ser um leão, sério), cachos não ficam bem em você, é cabelo duro, parece que não tem pente em casa, etc.
se você gosta e se sente bem com o cabelo cacheado, não é da conta de ninguém.


Espero que não tenha sido egocentricamente chata essa postagem e que tenha dado para vocês se inspirarem e se divertirem.
Com todo o amor do mundo, desejo uma ótima semana para vocês com novas ideias e atitude
Acho que estou muito carinhosa hoje.
Xoxo

You Might Also Like

14 comentários

  1. Adorei o texto. O bom mesmo é estar bem consigo próprio.
    Boa semana!

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gabi! Tudo bem? Não conhecia nada sobre esse processo chamado Big Chop, mas adorei conhecê-lo! Curti muito o seu antes e depois. Você tá linda! *---*

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu acho assim...que cada um deve ser feliz da melhor forma possível. Primeiro, você é linda dos dois jeitos, mas dá pra perceber que quando você voltou aos cachos, você se libertou! E isso é o mais incrível. É exatamente isso que milhaares de meninas que tem esse receio, devem saber. Nós somos lindas!! Não vamos deixar os "padrões idiotas" dessa sociedade nos dizer o contrário. Viva! Ótimo post :*
    Beeijos,

    www.marinaalessandra.com

    ResponderExcluir
  4. É uma mudança muito corajosa, mas que vale a pena mesmo! Seus cabelos estão lindos!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  5. Que post, lindo! Sabe, eu sempre tive cabelo liso, mas com muito friz, também fui em busca de uma solução com a escova progressiva e me decepcionei bastante, agora estou com uma queda incontrolável e fazendo vários tratamentos para recuperar meus fios. Mas quando somos muito novas, não sabemos que a auto-estima vem de dentro para fora e não ao contrário, somos lindas ao natural e não aceitamos isso. Mas ainda bem que a gente amadurece e aprende! :)

    Grande beijo, Fran.
    www.delirioscotidianos.com

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre tive cabelo liso, depois que repiquei, ele ficou ondulado. Eu amo cabelos cacheados, acho muito bonito. Você fez muito bem em assumir seus cachos, se você se sente bem com eles, não se importe com a opinião de outras pessoas.
    Beijos
    Bluebell Bee
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  7. Querida, eu fico muito feliz em ler histórias como a sua. Você é muito corajosa em se aceitar apesar de tanta pressão social e familiar. Os padrões estão aí, e estão aí pra botar a gente num molde e fazer a gente perder a nossa individualidade, que, na minha opinião, é o que nos torna mais bonitos.
    Parabéns pelo seu processo, pela sua força, pela sua coragem, e VOCÊ TÁ LINDA. Mas acho que você já sabe disso.

    Beijinhos,
    Gabi do www.calorescencia.com

    ResponderExcluir
  8. Ainda estou passando pela transição capilar e corta foi uma das melhores opções, cortei curtinho como nunca tinha feito e apesar de ainda fazer chapinha uma vez aqui e outra lá, assumi meus cachos foi uma das melhores opções, ainda estou passando pela dificuldade de encontrar produtos, aquela coisa de testar opções para definir os cachos, estou com sérios problemas a respeito disso, mais já encontrei algumas dicas bacanas e estou colocando em prática, mais vale apena sim, sair desse padrão de beleza imposto pela mídia e arrasar com os cachos rs :D

    http://www.sweetexpected.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Pois é... eu acho que a sociedade coloca muita coisa errada na nossa cabeça... é o mesmo sobre eu ter que pintar meu cabelo porque sou nova e ele nasce grisalho rs. Já tentei deixar natural mas o povo fala, fala, até vc se sentir mal...
    É osso... E que o Big Chop seja a primeira de muitas evoluções que precisamos fazer aqui neste planeta chato e machista ;-)

    Seu cabelo está lindo!

    Bjinhos,
    ❥ Blog Amiga Delicada ❥ Fanpage ❥ Twitter

    ResponderExcluir
  10. Cabelo cacheado é muito bonito, parabéns pela determinação em voltar aos cachos :)

    http://belezacontente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. "O que você tem de diferente é o que você tem de mais lindo!". Que delícia de postagem, de autoconfiança, de autoestima, de autoconhecimento, de mensagens belíssimas e deleitosas. Adorei imensamente saber desse seu processo e ainda observar o quão o seu post foi profundo. Além de toda a história detalhada que tanto impulsiona reflexões diversas de releituras internas, você ainda deu dicas super bacanas no decorrer! Achei uma delícia!

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
  12. Que bom que aceitou seus cachos, aliás seu cabelo é lindo ♥

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olar! Tudo beleza? Como sempre, gosto muito das coisas que tu fala. Quando eu era mais nova o meu cabelo ele não era enrolado mas também não era liso, porém não tive muito problema com isso, nunca me incomodei. Na adolescência que ele começou a me incomodar. Ai comecei a optar pela chapinha e química. E até hoje fico nisso do que meu cabelo natural, Não que eu não gosto dele normal, mas me sinto bem e prefiro ele liso e quando sujo ele ondulado USIHUSHUS. Adoro esses cabelos cacheados, ainda mais like leãozinho. Um cabelo que gosto muito é o da Farkile, já viu? maravilhoso.
    BEIJU!

    devaneiosbm.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Adorei teu post, eu tinha o cabelo cacheado e casei com a progressiva, ai apaixonei com o cabelo de franjinha e nessa fase que tó não posso voltar para os cachos. Depois que eu casar eu quero mudar o visual e penso em deixar a franja crescer e voltar para o natural. Mas até casar não porque quero meio pin up hahahah e não ia combinar rs
    Beijos

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir

Postagens populares

Pinterest

Like us on Facebook

EM BREVE