Padrões de Beleza pelo Mundo

21:24


Branca demais, negra demais, magra demais, gorda demais, olhos muito escuros, olhos claros, loira, morena, ruiva, gostosa (?), masculina demais, menininha demais, simples demais, diferente demais... Sempre somos muito de alguma coisa, e muito pouco de outra.Então, sente e tire o sapato sendo você quem for e por que não conhecer os padrões de beleza ao redor do mundo? Hoje veremos que todo lugar tem seu tipo ideal de garota e que no fim ninguém se importa com isso além de nós mesmas, porque se um garoto se apaixonar por você de verdade (acredite em alguém que tem mais amigos que amigas) não vai ser por causa da sua aparência, pra ser sincera nem faço ideia do que faz um garoto se apaixonar (homens são seres estranhos).

Padrão Eurocêntrico
O primeiro e mais comum, que atualmente predomina na Europa e tentaram fazer pegar no Brasil, mas não funcionou muito bem. O padrão de loiras magrinhas de olhos claros e muito, muito brancas (tipo protetor solar fator 80).


Padrão Brasileiro
Vamos falar logo do padrão que mais conhecemos, onde as garotas tem que ter coxas, bunda e seios avantajados, barriga seca e pele bronzeada.


Padrão Asiático
Na grande parte dos países asiáticos, quanto mais "infantil" você parecer (as famosas lollitas), mais bonita você é.

Padrão Mauritânio

Neste país da África Ocidental, quanto mais gorda melhor, porque indica que elas não têm de trabalhar, porque o marido é rico. Para se adequar, algumas meninas são mandadas aos 5 anos a campos de engorda, onde consomem 16 mil calorias por dia. O menu inclui dois copos de manteiga e 20 litros de leite de camelo.

Padrão de Mianmar

As mulheres da tribo dos karenis são famosas por alongar o pescoço com anéis de metal - eles forçam o ombro para baixo e dão a ilusão de que o pescoço é mais comprido.

Padrão do Irã

Como o nariz é uma das poucas partes que seus trajes e véus não escondem, todas as mulheres de lá tem obsessão por cirurgias de nariz.


Padrão da Etiópia
São usados discos de madeira ou porcelana no lábio inferior. O enfeite só cabe depois que a mãe ou a avó da menina faz um corte na região - geralmente, o ritual ocorre quando ela completa 15 anos e, basicamente, deforma o lábio da menina. (por que, meu Deus? Por que?)


Certo, depois desse da deformação não dá para continuar da mesma forma. Espero que tenha sido legal e bom para distrair. Não teria conseguido sem as fontes desse site -> clique.
Até mais

You Might Also Like

2 comentários

  1. É cada padrão louco, né? Isso só prova que a beleza está nos olhos de quem vê e que não é necessário ser igual aos outros para ser bonito. Acho o padrão asiático muito fofo, parecem bonequinhas, mas meio exagerado e complexo para se pensar na coisa toda envolvendo sexualidade também. Mas enfim, o mundo está aí, né? kkkkk

    Beijos,
    Postando Trechos

    ResponderExcluir
  2. Nós, por sermos mulheres, continuamos a sofrer com padrões de beleza impostos por uma cultura predominantemente patriarcal. A beleza e a perfeição existe em cada uma de nós e ninguém deve ditar como devemos ser ou não.

    Por curiosidade, as mulheres que usam os anéis no pescoço, para além de ser considerado 'belo', também é aproveitado para castigá-las terrivelmente (para não ter de dizer que são assassinadas): só é necessário quebrar os anéis e, como os ossos estão tão frágeis, o pescoço parte-se. É muito triste :\

    E isto sem contar com as regiões que condenam mulheres à morte por mostrarem o cabelo publicamente (uma madeixa acidental basta), entre outros horrores mais.

    Beijinho*

    ResponderExcluir

Postagens populares

Pinterest

Like us on Facebook

EM BREVE